October 04, 2013 | 5 min read

Coding On Weekend Recife

A faculdade Marista foi o destino do Coding on Weekend Recife que rolou no dia 28/09. Para quem não sabe o COW como é mais conhecido é uma iniciativa do Zeno e do Bernard em ensinar as novas tecnologias HTML5, CSS3 e JavaScript de uma forma mais prática, divertida e de grande ajuda principalmente pra quem está começando.

Não vou falar deles porque toda comunidade já deve está cansada de saber quem são os dois “gênios” da atualidade rsrs. Este post é para tirar algumas dúvidas e contar um pouco da experiência que foi de passar praticamente um dia todo com os caras só codando e espero com isso acabar com algumas dúvidas que muitos podem ter em relação a: “será que vale a pena?” “será que eu vou aprender mesmo?”, etc..

O COW deu início com cada um falando um pouco sobre suas vidas, onde trabalharam, estudaram, o que faziam, etc e abrindo espaço para cada um dos participantes falarem um pouco de si.

Disponibilizam o material do curso em formato de código e pdf’s, utilizam como editor padrão o Sublime Text, fazem uma pequena introdução mostrando “porque” de se trabalhar com o sublime, mostra o que o editor tem de bom, etc..

por incrível que pareça, muitas pessoas não conheciam o sublime 😞

O nível de aprendizado deste curso é bastante interessante porque eles dividiram os módulos em “levels" onde começa no level-1 e vai até o level-4 e você vai aprendendo na prática e evoluindo de forma semelhante a de um jogo; No final de cada level você faz um exercício de acordo com o que aprendeu e tira suas dúvidas, esta é a hora que "põe a mão na massa".

Level 1

Eles apresentam o emmet, plugin para sublime que ajuda bastante no desenvolvimento, mostram atalhos que são úteis pro resto de nossas vidas e o mais legal, ensinam como fazer uma estrutura do seu site (ou o site todo) em alguns segundos utilizando expressões. Pra quem vê pela primeira vez, toma um choque porque a parada é si-nis-tra!

Level 2

É a hora de falar sobre HTML5 e seus os novos elementos, estrutura, compatibilidade, detecção, formulário, audio, video e um monte de coisa que te fazem encher os olhos e pensar “onde eu vou utilizar isso no meu site?

Level 3

Você vai “comer” CSS3 até “injuá”! Todas aquelas ferramentas que prometem fazer pra você border-radius, linear-gradient, transition, animations e tudo de novo que tá rolando pelo CSS3, estão com os dias CON-TA-DOS, porque o Bernard ensina de uma forma tão simples que tudo fica mais fácil e você se sente um “estagiário” ao utilizar as ferramentas online. Ele mostra também um pouco sobre media queries e como criar sites responsivos, no final passando um exercício pra você por em prática.

Level 4

É com o Zeno, o cara te mostra como tudo (ou a maioria) das coisas que você faz com jQuery são possíveis e muito mais lindas apenas com JS puro! Ele dá uma geral em JS básico, fala como utilizar a API de Áudio, vídeo, local storage, fullscreem, e um monte de coisa nova que tá rolando no HTML5 + JS. Melhor ainda é o exercício, que faz você pensar bem muito pra uma coisa aparentemente simples, muito bom.

Chegando no level 4 você conclui o curso, aprende um monte de coisa que dá pra utilizar em projetos open source ou na sua agência/empresa e ainda ganha uma dorzinha de cabeça bem de leve rsrs. Uma coisa que não podemos negar é que são muitas novidades para conhecer e pouco tempo para executar.

Pra quem não está atualizado com as novas tendências e tecnologias acaba ficando meio que “com medo”, teve alguns momentos em que olhei para os lados e tinha um ou dois olhando e meio que pensando “p@$&* que m@#*% é esta?”, acredito que os mesmos precisam se atualizar mais, quem anda atualizado já ouviu falar ou no mínimo viu algum experimento envolvendo o conteúdo que foi exposto.

Em todo momento Zeno e Bernard tornaram o ambiente divertido e agradável até para os mais tímidos e inexperientes, quem tinha dúvida era só levantar a mão ou chamar que eles iam até você, ajudavam, explicavam, mostravam onde estava errado e te davam sugestões. Em todos os exercícios eles mostravam como podia ser feito caso você não conseguisse, colocavam uns sons para alegrar o ambiente, faziam piadas, brincavam com os participantes e isso deixava tudo mais fácil e divertido.

A minha mensagem para quem tá em dúvida é vale a pena.

Esta é uma oportunidade única de aprender com quem sabe e é bom no que faz sobre as novas tecnologias e te dar o pontapé inicial ou até mesmo uma “injeção” de ânimo para não desistir e se aventurar neste universo.

Aprendi bastante e tomei uma decisão que venho melhorando a um tempo, de diminuir o uso do jQuery nos meus projetos; Já não utilizo muitos plugins, o que dá pra fazer no css eu faço, e depois dessa tomei mais gosto pelo JS puro e aos poucos vou abandonando o jQuery do meu dia-a-dia. Obrigado Zeno e Bernard pelo conteúdo e voltem sempre com mais coisas novas e legais para Recife.

Abraço!

Read More

Previous

Feec Lite 2013

Next

URLs amigáveis com htaccess

made with since 2012